VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

30/08/2017

QUAL A MOTIVAÇÃO PARA QUE EU VÁ ONDE EU DESEJO IR?


Em nosso cotidiano buscamos identificar caminhos que nos levam a motivação pessoal direcionada à realização de nossos sonhos. As tentativas para identificar fatores motivacionais que nos dêem sustentação para conseguir alcançar nossos objetivos pessoais consomem tempo e energia fundamentais de nossa vida cotidiana.

Sempre temos a sensação de que em algum momento encontraremos a solução para a falta motivacional, para nosso desânimo. Temos um sentimento de que algo nos dará força energética em algum momento para ir à frente de nós mesmos, desbravando cada dificuldade encontrada e provocando conquistas que estamos adiando há muito tempo em nossas vidas.

Exploramos livros, filmes, escutamos pessoas de sucesso, aguardamos uma fórmula mágica. Mas enquanto esperamos a vida vai passando e nossos objetivos / sonhos ficam lá na frente, sem serem concretizados e o que é pior nos causando efeito contrário – a frustração e o fracasso.

Constantemente, fórmulas motivacionais são apresentadas e não percebemos de que toda fórmula, sem distinção tem um só princípio:

“Se você não fizer algo por você, jamais você será quem deseja ser”, isso mesmo, se procurarmos identificar em qualquer literatura quais são os pontos em comum para o SER MOTIVADO, em todas elas a ponto comum será que a motivação depende única e exclusivamente de NÓS mesmos.

A fórmula mágica está em nossas mãos: Autodescoberta + Disciplina = Conquista de Objetivos e claro, cada objetivo conquistado = MOTIVAÇÃO.

Então a fórmula não é complexa, parte do princípio de que o resultado de uma soma de duas parcelas é igual a algo maior ainda do que as parcelas que a compuseram.

A busca interna pelos nossos sonhos, desejos e necessidades, descoberta está alinhada com o tangível (jamais defina objetivos do tipo muito difícil ou até impossível de ser conquistado como, por exemplo, ganhar na loteria), somado a disciplina das etapas que deverá desenvolver para conquistar termo a termo cada etapa necessária a concretiza-lo, lhe dará no final a conquista que nada mais é do que a ação motivadora que todos perseguimos.

Se você movimentar essa fórmula para cada objetivo, terá outra tarefa simples como resultado, e mais uma vez será uma fórmula de adição:

Conquista + Conquista + Conquista = REALIZAÇÃO PESSOAL

O que temos que compreender é de que a Realização Pessoal nada mais é do que a felicidade, do que o combustível transformador de nossas vidas, da energia que transforma seu ambiente e que renova a dimensão do futuro.

As pessoas que se definem como realizadas tem algo em comum, todas sem exceção conquistam os objetivos que se propõe a conseguir, não um ou outro, mas todos, mesmo que numa parte deles tenham sido somente objetivos de experiência adquirida para trilhar novos caminhos, e se motivam por isso.

A minha atuação como profissional que ajuda as pessoas a identificar e trilhar os caminhos da realização demonstra que abrir a porta do coração (Esta porta tem uma fechadura que só abre por dentro) muitas vezes depende de ajuda, as portas de que falo muitas vezes está emperrada, com ferrugem, precisando de lubrificação externa, mas ainda assim só estas pessoas poderão abrir e deixar o caminho livre para que possam trilhar o caminho da Felicidade.


Uma das máximas que aprendi é de que a responsabilidade pela nossa felicidade é de nós mesmos, portanto lhe convido a permitir que eu bata a sua porta e que em algum momento possamos sentar, tomar um café juntos e dividirmos a felicidade pela descoberta do mundo maravilhoso em que vivemos.

02/08/2017

RESPONSABILIDADE SOCIAL – O QUE PODE SER RECICLADO

Um habitante no Brasil gera diariamente cerca de 0,8 kg de lixo. No Japão 1 kg por dia e em Nova Yorque 3 kg po dia. Se já geramos menos quantidade de lixo diária podemos gerar ainda menos impacto no meio ambiente aprendendo o direcionar isso para reciclagem. O que pode ser reciclado:

Plásticos: Tampas, potes de alimentos (margarina), frascos, utilidades domésticas, embalagens de refrigerante, garrafas de água mineral, recipientes para produtos de higiene (shampoo e afins) e limpeza, PVC, tubos e conexões, sacos plásticos em geral, peças de brinquedos, engradados de bebidas, baldes, isopor.
Vidros: (Lavados, sem as tampas, inteiros ou quebrados): Frascos, garrafas, vidros de conserva, tampas, potes, copos, embalagens;
Metais: alumínio, latinhas de refrigerantes, cervejas e enlatados (amassados), esquadrias, molduras de quadros, ferrosos, molas e latas.
É importante saber que nem tudo pode ser reciclador e assim devemos consumir o estritamente necessário desses materiais e ainda mais, não podemos jogar isso diretamente na natureza, vejam alguns exemplos:
Plásticos: cabos de panela, tomadas, embalagens metalizadas (salgadinhos), adesivos, espuma
Papel: Adesivos, etiquetas, fita crepe, papel carbono, fotografias, papel toalha, papel higiênico celofane, papéis metalizados (biscoito), parafinados, plastificados.
Metal: clipes, grampo, esponjas de aço, latas de tinta, embalagens de aerossóis

SEJA CONSCIENTE, PRESERVE O MEIO AMBIENTE, RCICLE IDÉIAS E ATITUDES

DICAS PARA REDUÇÃO DO LIXO!
0
As ideias simples geralmente são as que mais impactam positivamente nossas atitudes, ações simples são eficazes, abaixo algumas delas, mas pense que há muito o que fazer, a responsabilidade.

Ø  Use sacos de papel, em vez de plástico, para embalar frutas e legumes no mercado (Se não estiverem disponíveis no local – levem os seus – são baratos e ecologicamente corretos);
Ø  Prefiram produtos que venham com o mínimo de embalagem, que usem embalagens recicláveis ou que venham em recipientes recarregáveis e/ou retornáveis. Uma boa dica é retomar o uso de garrafas de refrigerantes ou cervejas retornáveis; 
Ø  Reutilize materiais – uma boa parte de embalagens e outros produtos que adquire podem ser reutilizadas para fins uteis, inclusive decoração.
Ø  Avalie e use a criatividade; guarde as embalagens de presente – reutilize-as;
Ø  Use os dois lados do papel nas impressoras, imprima só o estritamente necessário;
Ø  Folhas de jornais são úteis para limpar janelas e churrasqueiras engorduradas, embrulhar restos de comida que não servem de adubo orgânico;
Ø  Reaproveite as cascas, o pó de café, use-os como adubo em seus jardim e/ou vasos;
Ø  Use potes de vidro e não de plástico.

Há muitas ideias para reaproveitar aquilo que você usou pela primeira vez, serão ideias criativas e que podem fazer a diferença para a natureza.
Antes de reciclar as coisas precisamos aprender a nos reciclar e modificar nosso comportamento de consumistas para um comportamento de recicladores da natureza.


Até a próxima semana, ecologicamente mais consciente!

01/06/2017

CONTORNANDO O DESEMPREGO ATRAVÉS DO TALENTO

  A crise econômica deixa muitos profissionais fora do mercado de trabalho, as últimas pesquisas do IBGE, concluíram que o Brasil tem atualmente, mais de 12 milhões de desempregados. Em apenas um trimestre, o último, o país ganhou 1.415 milhão de desempregados, enquanto viu fechar 864 mil postos de trabalho. São dados alarmantes de um país que vive uma crise econômica e de valores. Para a maioria desses milhões de brasileiros a recolocação passa por sacrifícios, por tempos de angústia, necessidades básicas não atendidas, de readaptação a novos cenários, dentre outras dificuldades.

Muito embora o cenário do mercado de trabalho seja impactante, especialistas de Recursos Humanos, tem afirmado que para o profissional a que chamamos de “Talento”, para esses os indicadores não refletem tal desespero, pois ao longo do tempo se prepararam para enfrentar momentos de crise, souberam desenvolver competências e habilidades que os tornam essenciais às empresas, o que mesmo num eventual desligamento por questões econômicas, ainda permite que estejam com alto nível de empregabilidade, se recolocando até com certa facilidade no mercado trabalho.
   Mas qual seriam os segredos para tornar-se um Talento? Onde está o “pulo do gato” que tornam esses profissionais   especiais?
   A frase de Danyel Coyle “O talento é determinado mais por nossas ações do que por nossos genes” é uma realidade. Talentos não nascem prontos, são construídos o longo de toda uma vida, por isso é possível cada pessoa construir suas habilidades, seus conhecimentos diferenciados e aplicar cada um deles de forma criativa e inovadora.
  Para “afiar o machado”, precisamos desenvolver nossas competências que são, por sua vez, formadas por quatro elementos: Conhecimentos (saber), Habilidades (saber fazer), Atitudes (querer fazer) e Valores (princípios orientadores). Apelidada de CHAV, competência é a união e a Inter-relação de nossos conhecimentos, habilidades, atitudes e valores.
  
Aprender sempre e em qualquer circunstância, tornar-se disponível para qualquer desafio; buscar agregar pessoas a sua causa e a sua formação; ser voluntário dentro e fora de sua empresa; ouvir mais do que falar; mesmo em situações de crise não abandonar a busca pelo conhecimento, pela parceria, pela inovação. Não há como nos tornarmos um Talento sem antes buscar nos tornarmos melhores em todos os ramos do relacionamento, da cultura, da vida pessoal e profissional. Assumir a responsabilidade por nosso próprio crescimento, tornando isso um dever, uma rotina diária; só assim saímos do marasmo e passamos a ter a dádiva de ser procurado, Procurados por nosso Talento.
 É importante frisar que a pessoa talentosa não é somente aquela que se lança nas teias da oportunidade. É também quem sabe olhar para si de maneira crítica, e consegue entender no que é realmente bom. “É o indivíduo capaz de identificar quais são suas habilidades e qualidades, e canalizá-las em prol de determinada atividade que realiza com primazia e perícia”, diz a psicoterapia.
 Veja abaixo dicas práticas e definições:
- Olhe para si: perceba o que faz de forma fácil e analise se você dá valor a isso. Muitas pessoas que executam algo com excelência fazem pouco caso diminuindo a importância de suas habilidades. O autoconhecimento é o combustível para o descobrimento do talento. Saiba no que você é bom, por exemplo, em planejamento ou atividades práticas, em criar, em cantar, dançar.
- Olhe para o que você sente: nossos sentimentos são os principais indicadores de que estamos no caminho certo ou não. Sabe aquela sensação de dever cumprido após uma atividade realizada? Esse é o melhor termômetro. Se trabalha numa profissão, mas não tem amor, fique atento, pois seu talento está vazando pelo ladrão. Se você gosta muito do que faz, procure melhorar, isso vai te tornar um indivíduo muito talentoso.
- Fique atento aos outros: se as pessoas te solicitam muito, se consideram você o mais capacitado para realizar determinadas tarefas, isso é um bom sinal. Seu talento está se mostrando para você. Preste atenção nisso. Muitas vezes, as pessoas tendem a diminuir o valor daquilo que faz, porém os outros, que estão do lado de fora, conseguem observar nossas habilidades.
- Tenha autoconfiança: se você faz algo bem, com propriedade, não tem o que temer. Coloque-se à disposição dos outros. Neste momento, você está em contato com o seu talento, e a confiança em si vai guiá-lo com primazia. Procure ser o melhor naquilo que sabe que faz bem.
Pequeno dicionário da Auto Evolução. O que é o quê?
Habilidade: é resultado do que vamos aprendendo durante a vida. A prática constante, a dedicação e o estudo vão aprimorando as nossas habilidades.
  Qualidade: é inerente ao ser humano. Nossas qualidades se mostram no dia a dia. Como tratamos as pessoas, como nos portamos em momentos difíceis, a maneira como executamos algumas tarefas. Podemos ter a qualidade da coragem, da organização, da educação, da empatia etc.
  Talento: é o resultado da maneira como nós aliamos habilidades e talentos a nosso favor. Como você exerce sua qualidade de empatia, como você utiliza sua habilidade de cozinhar tem a ver, diretamente, com o seu talento.
  Vocação: está ligado ao servir, ao sagrado. O quanto o indivíduo usa todas as suas qualidades, habilidades e talento para servir o próximo.
  Dom: é uma dádiva. Não são todas as pessoas que possuem dons, e aqueles que possuem, têm a capacidade de transformar o mundo ao seu redor, seja na música, na arte, na religião.
  A PSM Company da qual empresa sou diretor de RH é comprometida com a identificação e geração de Talentos, acredita que antes de tudo você tem uma responsabilidade com você mesmo, desenvolva seu Talento e esteja pronto às oportunidades que com certeza serão a você ofertadas.

Impacto após as mudanças da Lei da Terceirização

Passado o período inicial de impacto no cenário empresarial gerado pela aprovação da nova Lei da Terceirização (Lei 13.429 – 31/03/2017), acreditamos que podemos destacar as principais modificações legais nos processos de terceirização a partir de agora.
Essas mudanças para alguns, indica que a CLT foi ferida com a nova legislação, para outros essas mudanças vieram trazer avanços e modernizar as relações de trabalho, por isso destacamos de forma direta o que foi alterado: 

  • Quais áreas podem ser terceirizadas nas empresas? – A modificação mais importante da nova legislação foi a abertura da terceirização para “atividades fim” da empresa, ou seja, atividades que são primordiais da empresa. Por exemplo:
- Escolas não podiam terceirizar os professores;
- Bancos não podiam terceirizar os bancários;
- Empresas de ônibus não podiam terceirizar os motoristas.

Com a lei, teremos a ampliação das áreas que podem ser terceirizadas, mas a contratação deve ser realizada por empresas especializadas em processos de gestão, aderente 100% à legislação, garantido segurança a seus clientes.

  • Vinculo de Emprego entre a empresa tomadora e o profissional terceirizado -A lei estabelece que a responsabilidade do contratante é subsidiária, ou seja, ele responderá caso a empregadora (empresa que contratou o profissional que atua como terceiro) falhe no cumprimento da legislação trabalhista. Isso alerta os empresário para quando contratar empresas terceirizadoras, certifiquem-se que o processo de gestão dos profissionais não gerem demandas trabalhistas.

  •  Salientamos que nesse sentido a Lei da Terceirização proibiu o reconhecimento do vínculo de emprego entre contratante dos serviços e o empregado da terceirizada. A Lei 5.764/71 também proibia o reconhecimento entre o cooperado e a cooperativa. Porém, na prática, o vínculo é reconhecido sem maiores entraves. Este destino também era aguardo na Lei da Terceirização, mas caso haja algo que comprove que a terceirização não ocorreu dentro das normas, a contratante poderá ser julgada quanto ao vínculo de emprego.
Portanto, é altamente recomendável que haja uma pesquisa quanto a idoneidade e da empresa terceirizadoras a ser contratada.
  • “Pejotização” – A legislação mantem a proibição da Pejotização em que seja caracterizado o Vínculo Trabalhista, além da ausência dos tenha direitos trabalhistas, como férias e décimo terceiro).

A Lei permite a terceirização, mas não revogou a CLT. Portanto não mudaram os preceitos básicos da relação de emprego. Dessa forma, quem esperava a validação do seu sistema de “Pejotização”, certamente teve suas expectativas frustradas.

  • Relações Sindicais da empresa tomadora como o vínculo de empregatício não será direto com a empresa contratante, teremos alterações nas relações sindicais.

Usando como exemplo os bancos. Antigamente todos colaboradores, independente da função, era considerado bancário, já que a vinculação sindical se dá por conta da atividade do empregado, então, todos (com exceção das categorias diferenciadas) tinham os benefícios da convenção coletiva dos bancários.
Com a terceirização, cada colaborador passa a ter o apoio do sindicato da sua categoria, sendo assim as cláusulas de garantia destas categorias são especificas.
A empresa de terceirização deixa de ter uma principal categoria sindical para nortear sua conduta salarial e de benefícios para administrar pacote(s) de fornecimento de serviços com preço fechado, negociado com a(s) empresa(s) prestadoras de serviços de terceirização.
É fato de que todas as iniciativas legislativas sobre direitos trabalhistas serão sempre fonte de grande controvérsia. Sempre haverá quem diga que os interesses do Capital e da classe trabalhadora são divergentes em quase tudo, e nosso sistema democrático permite a representação de discussões, que são inevitáveis, por isso que buscamos esclarecer da melhor forma possível, afim de informar e divulgar informação, assim os processos de terceirização ou terceirizar ficam mais claros e até interessantes para os empresários, sugerimos que quando for realizar contratação de terceiros, busque um fornecedor que garanta o sucesso de sua empresa.
Nos deixamos à disposição para atender sua demanda ou falarmos mais sobre o assunto e tirar eventuais dúvidas.
SOBRE A PSM COMPANY
PSM Company, da qual empresasou diretor de Recursos Humanos, é especializada em terceirização de profissionais, oferece soluções em terceirização, seleção, contratação e migração de profissionais e equipes, visando à continuidade dos serviços e proporcionando a mitigação de riscos ao longo prazo. Utilizamos ferramentas próprias para avaliação técnica e comportamental de candidatos e implementamos nossos processos estruturados para a gestão de profissionais (Pessoas) garantindo segurança fiscal a nossos clientes (risco zero) através da correta aplicação da legislação trabalhista e fiscal em nossos processos gerenciais.

04/05/2017

O NOVO “SER HUMANO” ESTÁ SENDO MOLDADO


TRANSFORMAÇÕES QUE NÃO SE VÊ MAS SE SENTEM...

Estamos testemunhando a transformação das relações humanas e por consequência a história comportamental que vínhamos tendo evolutivamente ao longo de nossa existência na face de nosso planeta, ou ainda com muitos acreditam, da nossa criação por Seres Divinos e até extraterrestres.
Internet e outros mecanismos de comunicação vem transformando a forma com que nos relacionamos; como absorvemos e disseminamos o conhecimento; como interagimos com as pessoas. 

Hoje falamos simultaneamente com pessoas de todo planeta; sabemos o que acontece a cada segundo em qualquer parte do planeta e até fora dele; podemos dar nossas opiniões a respeito de tudo e o pior: de todos; somos repórteres de nossa vida e da vida dos outros; ficamos na soberba de que com esse poder tudo podemos e tudo sabemos; “educamos” nossos filhos e netos com a terceirização do computador, tablete e celular; somos agentes de recepção e emissão de opiniões sobre passado, presente e futuro, enfim pensamos que temos o “poder” mas na realidade me parece que somos escravos de nossa falta de mobilidade comportamental e física.
                                                                                                                

Segundo Marcelo Lacerda, pioneiro da Internet no Brasil: “Estamos inventando um novo ser humano. A realidade virtual é uma escala inimaginável de transformação”, no contexto dessa transformação a afirmativa é de que a fronteira não é mais online e offline, passa a ser, então, a realidade real e a virtual.

É fato de que o universo em que esse novo Ser Humano vem sendo moldado confundem as transformações físicas / materialistas e as transformações comportamentais, elas são separadas e ao mesmo tempo integradas. É previsto que vai chegar um momento em que não notaremos a diferença entre essas realidades, virtual e real. Será que estamos preparados para assimilar isso.
Por outro lado mais que 2/3 da população mundial não tem condições sociais de se desenvolverem nesse mesmo contexto de velocidade e oportunidade, assim teremos ao longo dos anos maiores diferenças entres esses grupos. Enquanto muitos estarão atuando na linha do imaginário realístico, com ferramentas modernas de desenvolvimento de comunicação, muitos nem um simples telefone terão à sua disposição, poderá existir um mundo dos Transformados e dos Alienados digitais, um mundo separado por aqueles que se imaginam superiores em seus pedestais de sabedoria e outros que sem acesso a essas plataformas de “desenvolvimento” ficarão cada vez mais longe dos primeiros.
Mas aqui cabe uma pergunta: O que você deseja para você? Onde você quer levar sua transformação comportamental e qual será sua herança para a sua descendência (filhos, netos)?

No seu entendimento qual é o caminho que pretende percorrer, abandonar as práticas do “pé no chão”; do contato da pele a pele, olho a olho; da cadeira na porta da casa a tardinha para apreciar o pôr do sol; ou da internação à frente de uma tela para viajar pelo mundo; opinar, relatar ou simplesmente escutar.

Há um fato a considerar, NÃO HÁ MAIS VOLTA, os caminhos estão sendo traçados dia a dia e percorrê-los é obrigatório porque aqueles que assim não o fazem tem somente duas opções, escolher um dos dois grupos que já mencionei: Os Transformados ou os Alienados digitais.

A sabedoria está em não se escravizar em nenhum deles, no equilíbrio e na sensibilidade de ajudar aos outros a se transformarem da mesma forma. Contra a evolução tecnológica não há luta, você viu já internet nascer, morrer, agora estamos na era dos aplicativos e redes sociais. O que vem depois? O próximo capítulo, que está bem no início, é esse momento de invasão cognitiva do digital. A gente vai viver um negócio que é o tal do AR, ai cada dia será uma nova aventura a explorar.

Espero estar nesse caminho, nos primeiros passos, porque a Humanidade continuará a evoluir e espero que possa fazer com que todos os Humanos estejam no mesmo barco, um sonho a ser concretizado, creio que não na minha geração e até mesmo não na de meus filhos e netos, mas a eles dou a incumbência de transformarem o mundo, sucesso a todos vocês!

Avante em cada dia de nossas vidas para obtermos a Atitude Transformadora!

Sucesso a Todos

Vitor Marques
Executivo de RH, Consultor e Palestrante

"Ao invés das crianças nascerem com o cordão umbilical biológico de conexão com suas mães, no futuro, elas nascerão com um cabo de "fibra óptica" de conexão com elas e com o planeta"
(Vitor Marques)

24/04/2017

Buscando Talentos


Postado em:6 de agosto de 2013
Postado em:Recrutamento & Seleção
Escrito por:Vitor Marques

A cada momento em que a economia global avança, as necessidades empresarias em obter talentos que atendam as expectativas do negócio aumentam exponencialmente em dois contextos:
- O primeiro dá conta da necessidade de formar o Capital Humano, composto por profissionais que realmente façam diferença técnica e comportamental.
- No segundo contexto, a necessidade de criar uma metodologia de identificação e desenvolvimento de novos talentos, profissionais capazes de absorver a cultura organizacional da empresa e ao longo do tempo tornarem-se sucessores dos processos e, consequentemente, do negócio.

Sabemos que a perda mundial de conhecimento advinda da aposentadoria de talentos é um problema de difícil superação, especialmente se a empresa não se preocupou em formar novos profissionais para absorver o conhecimento e tecnologia conquistada ao longo de sua existência, por aqueles que se aposentam ou simplesmente partem para novas oportunidades.

Muitas vezes as empresas não se dão conta do tamanho dos investimentos feitos na busca e identificação de talentos. Fazem e refazem os processos seletivos e acabam por efetivar contratações que ao longo do tempo se mostram inócuas.

Sendo assim, destaco a necessidade de que as empresas se associem a processos seletivos simples na composição e mais eficazes no resultado. De nada adiantará produzir processos seletivos mirabolantes do tipo “inventar a roda”, fazendo com que os candidatos se desgastem e acabem, inclusive, desistindo de participar.

Como relatado anteriormente, é nítida a perda de conhecimento e tecnologia nas empresas, destacada pela natural renovação de pessoas economicamente ativas em seu time, isso não é exclusivo das grandes empresas, nas pequenas e médias esse fator se torna ainda mais complicado, muitas vezes não possuem lastro para investimentos significativos para treinamento de sucessores. Reforça-se, então, a importância da segurança no processo seletivo, visando a busca do “melhor talento” associado à característica de cada empresa.

Não cabe mais as premissas de Fayol, onde processos, eficiência e produtividade se sobrepunham às Pessoas, hoje é necessária a flexibilidade e valorização delas, é necessário conhecer os detalhes e características em Pessoas que podem agregar a cada tipo de empresa o detalhe, o sucesso e a longevidade de ambos, Empresa e Talentos.

Processos que sejam integrados da preocupação com detalhes, que visem identificar particularidades que, somadas, produzam uma imagem fiel de cada candidato e que possam ser comparadas com as necessidades da empresa.

Podemos dizer que vivemos constantemente em transformação; da economia, das empresas, do ambiente e principalmente das pessoas, sobre este contexto não há produto ou serviço que se perpetue sem que atenda a necessidade de Pessoas e empresas. Por isso a PSM Company tem como premissa “Buscar Pessoas para atender Pessoas”.
A segurança de se associar a um processo seletivo e de gestão com essas características dão a nítida certeza de que uma nova Era se iniciou, a Era das Pessoas e das Empresas, com capital humano de valor agregado.

EQUIPES INTERCORRENTES

Não conheço um time ou uma equipe de trabalho que tenha conseguido alcançar seus objetivos de conquistas sem que na composição de seu grupo houvesse a mescla entre a JUVENTUDE e a EXPERIÊNCIA. Somente esse equilíbrio leva grupos, qualquer que sejam seus objetivos, a obter: equilíbrio, metodologia, energia vital, garra, conteúdo vivencial e técnico além da confiança para alcançar suas metas.

Toda vez que uma empresa ou órgão público necessita formar equipes permanentes ou temporárias sua busca na configuração do time deve contemplar o equilíbrio entre profissionais juniores, plenos e seniores, cada uma dessas características de experiência e formação agregará força vital as potencialidades necessárias ao grupo em formação.

Recentemente escrevi sobre a crise mundial nas organizações sobre a perda do conhecimento, onde as empresas e entidades governamentais que não valorizam seu capital sênior, com a aposentadoria destes profissionais perdem anos e anos de experiências e tecnologia, por outro lado empresas que permanecem apenas com pessoas seniores pecam pela falta de energia, pela mesmice de seus processos e assim continuam a obter os velhos resultados.
Se você vai decidir pela montagem de uma equipe de trabalho em uma empresa ou vai empossar pessoas em cargos públicos ou privados, pense nisso! Analise o time que você necessita, avalie os resultados que deseja, perceba que se você continuar a fazer sempre a mesma coisa o resultado será se não o mesmo, possivelmente menor, pois a curva do sucesso tende a diminuir se não for reciclada permanentemente.

Se você está escolhendo pessoas atente para as principais características que devem nortear sua decisão:

O Colaborador “lucro” - A Formação de Equipes Empreendedoras começa pela compreensão da necessidade de atrair pessoas com comportamentos mais empreendedores.
Grandes Propósitos – É até possível formar grandes equipes em empresas de propósitos medíocres, mas seus membros se desmotivarão rapidamente. Preocupe-se com a missão e a visão do seu negócio.
As pessoas certas nos lugares certos – Cabe ao empreendedor primeiro refletir sobre os “lugares certos” que serão ocupados pelas “pessoas certas.
Visão de Mundo - Não se trata de formar um exército de robôs que agem de forma programada. Mas é importante reunir pessoas que acreditam e vivenciam as mesmas crenças e atitudes que a empresa.

Cada empresa, uma pessoa – Se estiver convicto dos quatro elementos anteriores, você tenderá a formar uma equipe empreendedora e, assim, terá mais chance de deslanchar, Para selecionar as pessoas “certas”, o conceito de brand character, utilizado no marketing, pode ser útil.

Pense grande. Pensar grande dá o mesmo trabalho que pensar pequeno. E grande não só no tamanho. É fato que nem sempre grandes empresas começaram com grandes propósitos.

Pois bem, é hora de usar a sua INTELIGÊNCIA na escolha de Pessoas, mesclar o jovem, o mais experiente, o mais ousado, o mais assertivo. EQUIPES DE SUCESSO SÃO A SOMA DAS DIFERENÇAS, então sua a sua capacidade de EMPREENDER e montar equipes de SUCESSO.

CONQUISTANDO O IMPOSSÍVEL



FAZER

RECEBER

PENSAR

PROJETAR

OU SIMPLESMENTE CONQUISTAR

VOCÊ DECIDE....

30/03/2017

QUERO TERCEIRIZAR. MAS O QUE E QUANDO?


Uma máxima discutida aos quatro cantos do Brasil atualmente, a Terceirização como solução ou não para os problemas do desemprego, porém aqui não vou discutir os meandros políticos dessa ação de liberar a terceirização irrestrita, ainda mais se associada à flexibilização total das relações trabalhistas entre empregados e empregadores, um clima que pode ser o prenúncio de balburdia social vindoura, um anúncio de que daqui a alguns anos estejamos num emaranhado de serviçais profissionalmente enlaçados no turbilhão ” Do manda quem pode e obedece quem tem juízo”. Hoje quero falar do meu país que colocou nas Pessoas uma atitude que terceirizar é resolver tudo e de qualquer forma, vejamos:

Quem de vocês, dia após dia, não vai a uma loja, um serviço público, a uma mercearia ou ao supermercado, onde quer que seja, um local onde deveria ser atendido como “rei”, afinal no marketing se trata clientes como “sua majestade o cliente”, mas ao contrário, você é quase expulso desses locais, é subjugado quando o local onde deveria dar a você o melhor dos atendimentos faz com que pelo poder do  ter o que você deseja, o humilha perante seus direitos, pelas condições de querer impor a condição dele e não as que você tem.

Sabe por que isso acontece? O atendimento das Pessoas nesse país está TERCEIRIZADO, está imposto goela abaixo pelas Pessoas que o atendem, A prestação de serviços está condenada por pessoas que terceirizam sua responsabilidade aos outros pois que acham que é melhor o outro fazer do que ela mesmo; está terceirizado nos ditos “procedimentos” que não podem ser quebrados; está terceirizado na expressão “isso não é comigo, é com fulano ou beltrano, ou é no outro setor”; está terceirizado na acomodação de transferir para o próximo a responsabilidade de assumir seus próprios os erros. Ah! Os acertos todos querem que sejam reconhecidos, mas seus erros e obrigações são terceirizados.

Está terceirizado na ignorância de condicionar uma ida ao banheiro do cliente a ter que consumir algo no estabelecimento; está terceirizado na falta de preocupação humana  com o outro, pois canso de ver  que ao invés de oferecer um copo de água ao cliente, o atendente informa que a lanchonete fica próxima; está terceirizada na falta de educação proposital que o país impôs ao cidadão, para ser burro o suficiente para não exigir seus direitos minímos.
Enfim, há muito tempo que o país vem terceirizando suas responsabilidades, transferindo-as e retransferindo suas tarefas sociais, das mais básicas as mais necessárias, terceirizando ao vento e ao léo, inconsequentemente. Tarefas mínimas do bom atendimento, de respeito ao direito do outro no dia a dia, ano a não, século a século. As atitudes da terceirização que falo se transformaram no imbróglio que hoje somos herdeiros.

Hoje, terceirizar atividades profissionais como vem sendo discutido, nada mais é do que aperfeiçoar a eterna terceirização que meu país vem tendo ao longo dos séculos de sua existência, mais um risco Brasil.

Terceirizar é transferir a outro a sua responsabilidade, porém a quem interessa essa transferência, penso que aqueles que querem continuar em seu trono sendo servido pelos serviçais de plantão (O Povo), penso que aqueles que querem no conforto de suas poltronas continuar a acender um charuto dito como da Paz, porém falsa, de aparência porque o Povo continua lutando e morrendo nos campos de batalha da vida, um país tão rico e tão pobre, um país tão maravilhoso e tão perigoso, talvez os que mandam estejam esquecendo que a história cobra um preço alto pelo desprezo e pela corrupção, nem digo pela corrupção do dinheiro mas sim pela corrupção das Pessoas

Até a próxima semana! Terceirizada ou não.



15/03/2017

“ACE” – UM PONTO DIRETO


No tênis um “ace” ou “ás” é um serviço ou “ataque” que resulta em um ponto imediato para o jogador que fez o realizou, visto que o jogador defendendo do serviço não conseguiu tocar a bola com sua raquete de imediato ao saque do oponente. Em Recursos Humanos iremos a seguir discutir como o ACE pode ser utilizado na conquista dos objetivos pessoais, profissionais e nos objetivos das empresas e suas equipes ou ainda como as conduzimos, vamos lá então.
Do ponto de vista do profissional um ACE pode ser definido como ações rápidas, concretas e objetivas que resultam no alcance do objetivo pré-definido com eficácia imediata, claro que o ACE é apenas uma parte do processo total planejado para a conquista do objetivo principal. É fato que para chegarmos a um andar superior utilizando uma escada teremos com certeza de começar pelo primeiro degrau e assim sucessivamente. O ACE é a ação necessária para conquistar cada um desses degraus.

Os melhores tenistas, começam a partida muito tempo antes do primeiro saque ser dado. Eles chegam prontos para jogar, mas antes já aqueceram, fizeram uma checagem mental e já elaboraram um plano de jogo e estão concentrados para aproveitar logo a primeira oportunidade. A esmagadora maioria dos jogadores está acostumada a chegar e sair jogando. Eles vão se adaptando mentalmente e fisicamente durante o primeiro set, e na maioria das vezes isso dá certo porque o adversário está fazendo a mesma coisa. Mas quando tem um tenista  da primeira categoria mencionada pela frente, isso já não funciona. Quando o segundo tipo começar a “entrar” na partida, ela já vai ter acabado.
Se mundialmente a definição técnica para o ACE no tênis é: Saque bem colocado, sem dar tempo ao adversário de pegar a bola”. No mundo da carreira profissional do individuo deduzimos que será necessária a preparação atitudinal, uma condição de preparação antes de executar tal ação, haja vista que um jogador de tênis precisa preparar-se de forma complexa para imprimir força, direção, técnica, estratégica e resultado ao buscar o ACE,  vamos então a algumas dicas com foco no ACE de Carreira:

EXPLORANDO O ACE DE CARREIRA
è  Preparo
Em todos os campos da nossa existência, se você quiser ser um  vencedor, você vai precisar de uma ferramenta essencial: O PREPARO. É justamente a falta de preparo que explica o porquê de tantos fracassos pessoais e profissionais que presenciamos frequentemente. Mas afinal o que é se preparar?
A preparação requer Atitude afinal, estudo e a experiência de vida cumulativa realizado com dedicação, além da produção constante de pensamentos, auto-análise, auto-sugestão, reciclagem de conceitos, busca de novas alternativas – isso tudo efetivado continuamente compõe o Preparo.
Há um componente fundamental para a realização de um bom Preparo, é ele: “Visualizar o objetivo antes da ação de preparação.”, “Se você não sabe aonde ir qualquer caminho serve”, diz a crença popular e nada mais sábia do que ela. Muito dedicam uma boa parte de sua vida a se prepararem para algo que nunca lhes será útil, desperdiçam tempo, colocando tempo bom em causa sem proveito não entendendo que o “tempo é cruel”, ele não tem recuperação, por isso recomendo, tenha foco no que deseja e se prepare para esse objetivo, sempre, a cada segundo, em cada esquina, em cada oportunidade.
è  Treinamento
Entende-se que treinamento tem como finalidade melhorar o desenvolvimento do Ser Humano diante dos desafios que são necessários ser ultrapassados. O treinamento utiliza a experiência e cultura já adquiridos por pessoas ou organizações no passado e lhe serão transmitidos como forma de encurtar caminhos, de lhe proporcionar base adiantada para agir. O treinamento transmitido por si só não resolve se você não coloca-lo em prática. Treinar é aceitar a missão de aprender e executar. Segundo MARRAS “Treinamento é um processo de assimilação cultura em curto prazo, que objetiva repassar ou reciclar conhecimento, habilidades ou atitudes relacionadas diretamente a execução de tarefas ou à sua otimização..” acrescento a essa definição: “em qualquer das áreas vivenciais (profissionais, sociais, familiares, etc.).
è  Aperfeiçoamento
Uma vez treinado é necessário se aperfeiçoar, entrar no detalhe e nele se especializar, criar diferenciais pessoais que o tornem especialista naquele determinado ponto do conhecimento. Um especialista carregará diferencial que poucos terão e por essa razão em muitas oportunidades essa vantagem competitiva fará total diferença para alcançar os objetivos.
è  Prática
Não basta Treinar e Aperfeiçoar, somente a teoria não o fará sair do lugar, então é necessário praticar, transformar o treinamento e as especializações em ações, fazer, colocar em campo a construção e não apenas ficar com o projeto na gaveta.
è  Ação dentro do movimento de Ação (Busca do objetivo);
Se você age e acomoda no esplendor dessa ação não terá novas atitudes de ação de continuidade, portanto você deve continuar a ter ação em cima de cada ação concluída, pois ela é apenas um passo da caminhada continua da vida. Todos os dias damos passos e a maioria esmagadora deles são para a frente, alguns para o lado e muito pouco para trás, então a ação positiva está sempre presente e você, somente você, é responsável por ela. Cada ação tem apenas um foco, para buscar objetivos, pegar algo, aprender algo, conquista algo, sobreviver... Tudo é realizado em função de seus objetivos, desde que você saiba quais são eles, isso é sua responsabilidade.
è  Manutenção dos patamares conquistados;
O alpinista que chega ao cume de uma montanha que escalou tem no primeiro movimento enfincar uma bandeira de posse, de registro e permanência dessa conquista, assim deve ser sua atitude quando alcança cada degrau e ainda mais se chega ao próximo andar, permanecer no alto de sua conquista por vezes é mais difícil do que conquista-la.
è  Passagem para o próximo nível sem desprezo ao conhecimento adquirido
A elevação de seus objetivos ao próximo degrau, ao próximo andar, essa é a contínua escalada que fazemos por todos os dias de nossa vida, seja pessoal e/ou profissional. Não podemos nos acomodar no esplendor de nossas conquistas passadas. A vida nos recompensa pela caminhada, não pelas paradas que fazemos. Nas paradas perdemos foco, perdemos conhecimento, perdemos o poder de olhar para frente, parar significa estagnar e portando nos tornamos candidatos ao ostracismo, à morte de nossos sonhos.
Passar de fase, planejar os próximos passos e neles concentrar nossa energia para avançar sem a inércia do passado e com a motivação no futuro. Nosso conhecimento adquirido é combustível para esse movimento, porém precisamos continuamente reabastecer, ir em frente buscar o próximo posto de combustível. Ir em frente e continuar em frente essa é a contínua busca das Pessoas. Renovar objetivos, conquistar novos andares para olhar sempre em frente e acima, em busca dos horizontes escondidos.

·         Resumo atitudinal sobre ACE DE CARREIRA

A busca pelo ACE DE CARREIRA é contínua e provocante, ela esmaga o pensamento da acomodação, ela retira energia para retomada mesmo nos menores dissabores. Buscar o ACE DE CARREIRA implica em decidir ter ATITUDE POSITIVA, em planejar seu futuro trabalhando no presente.
EXPLORANDO O ACE EMPRESARIAL
No ACE EMPRESARIAL retomamos a definiç
ão já apresentada do que seja um ACE, vejamos: Saque bem colocado, sem dar tempo ao adversário de pegar a bola”. No mundo das Empresas ocorre uma similaridade com as etapas necessárias ao ACE DE CARREIRA quando é necessário percorrer etapas de sustentação para chegar ao ACE perfeito e obter: força, direção, técnica, estratégia e resultado com o ACE EMPRESARIAL, vejam então algumas dicas para isso:
Nos patamares do ACE EMPRESARIAL os princípios são comuns ao ACE de Carreira, porém num nível estratégico e que encontra outras variáveis ambientais, tais como: mercado; governo; produto x necessidade dos consumidores, dentre outras. Vamos aqui falar sobre as principais:

è  Preparo
Como no ACE CARREIRA no ACE EMPRESARIAL a preparação é essencial: O PREPARO. É justamente a falta de preparo das empresas que se explica o porquê de tantos fracassos. Mas afinal o que é se preparar do ponto de vista da empresa?
Realizar o planejamento estratégico é o primeiro passo, avaliar o negócio mesmo antes dele estar formatado, projetar os diversos cenários, realizar análise de mercado, projetar as necessidades estruturais para ação, projetar variáveis em todos os planos, buscar novas alternativas – isso tudo efetivado continuamente compõe o Preparo.
Como no ACE CARREIRA a afirmativa da necessidade de “Visualizar o objetivo antes da ação de preparação.” é aplicável. Muitas empresas começam sem nem saber o porque estão nascendo, dedicam uma boa parte de sua energia em reagir ao que acontece no dia a dia e não em planejar e identificar, desperdiçam tempo, colocando o tempo bom em causa sem proveito não entendendo que o “tempo é cruel”,  não se recuperar o tempo vivido, por isso recomendo, a empresa necessita manter seu foco no negócio e se preparar para buscar, manter e reciclar o foco nos objetivos permanentemente.
è  Treinamento / Aperfeiçoamento / Prática
A empresa que não treina suas habilidades, seus diferenciais se tornará ineficiente, apenas maus uma entre tantas, sem diferenciais competitivos, isso claro que conseguir manter o mínimo em suas operações. O treinamento compartilha a experiência e cultura já adquiridas pela estrutura organizacional e gera novas ideias, novos caminhos a explorar. O treinamento de que falo aqui é uma mistura de treinar e praticar ao mesmo tempo. Treinar é aceitar a missão de aprender e executar.
Treinar a empresa e aperfeiçoar sua Cultura, Missão e Valores, é criar diferenciais organizacionais que o tornam a empresa Única. Um especialista com essa cultura produz diferencial que a tornará presente nas necessidades de seus Clientes.
è  Ação dentro do movimento de Ação (Busca do objetivo);
Empresas acomodadas no esplendor do Sucesso tendem a serem superadas rapidamente. Dormir em “berço esplêndido” é a sentença de morte para empresas nos dias de hoje A empresa deve sempre reciclar seus horizontes de forma a se tornar leve e adaptável às mudanças comumente necessárias a sua evolução. Tudo é realizado em função dos objetivos, desde que você saiba quais são eles, isso é sua responsabilidade.
è  Manutenção dos patamares conquistados;
Cada conquista deve ser alcançada de forma estável a fim de se tornar permanente e base para o próximo passo. A empresa tem necessidade de estruturar sua base para depois se erguer firme e com propósitos de crescimento sustentável.
è  Passagem para o próximo nível sem desprezo ao conhecimento adquirido
Ultrapassar as barreiras e buscar o próximo nível é base do crescimento empresarial. Empresa que não cresce fecha suas portas e implode levando consigo os sonhos de Colaboradores e da direção abaixo

·         Resumo atitudinal sobre ACE EMPRESARIAL

A busca pelo ACE EMPRESARIAL é fundamento da sobrevivência. Sair na frente, rapidamente, marcando o ponto logo no primeiro lance, tudo isso com sustentabilidade é fundamento para o sucesso permanente. Muitas empresas acabam descobrindo um bom produto, mas sem passar e exercitar as etapas que mencionei, acabam sendo engolidas por sua própria incapacidade de perenizar esse sucesso.
A mesma ATITUDE POSITIVA que mencionei no ACE CARREIRA é fundamento para as empresas, afinal elas são compostas de Pessoas e cada uma delas está construindo sua carreira em equipe, numa empresa, a soma dessa energia contribuirá para uma ACE conjunto e levará Colaborador e Empresa ao sucesso continuo.
Assim grita o locutor:

ACE! Fechado o ultimo Sete. Vitória para Colaborador e sua Empresa, vamos a próxima partida para que ambos confirmem a primeira posição no ranking ATP. Sucesso a todos!



21/02/2017

DO BRASIL PARA O MUNDO - COMPARTILHANDO CONTEÚDO




RODRIGO BERNARDINO DA SILVA


PROFISSIONAL INDICADO PARA ÁREA DE LOGÍSTICA, ALMOXARIFADO E AFINS

Raramente faço isso, mas conheço um profissional exemplar na área de Logística que gostaria de apresentar a vocês para avaliação no caso de terem oportunidades de contratação na area de seu conhecimento, tenho certeza de que Rodrigo será destaque em sua equipe. 
Rodrigo, um profissional extremamente motivado, trabalhador de equipe e focado em resultados está buscando oportunidade de crescimento profissional em sua área de competência - Logística / Almoxarifado e afins. Abaixo a apresentação desse profissional.

RESUMO DE PERFIL PROFISSIONAL


(PALAVRAS DE RODRIGO) 
Busco nova oportunidade de trabalho e crescimento pessoal e profissional, sou comprometido e faço dos desafios diários a possibilidade para superar meus próprios limites e aprender com cada obstáculo. 
Atualmente em minha vida particular estou entrando uma nova fase de desafios e necessidades, com isso a busca por um trabalho da magnitude da empresa que o senhor representa, será uma oportunidade imensurável e não pouparei esforços para cumprir minhas tarefas, tenho total disponibilidade de horário e já trabalhei em diversos turnos, isso não será problema. 

Dentre as atividades de logística que exerço diariamente está: montar, coordenar, acompanhar e avaliar equipes de trabalho, verificar condições de trafegabilidade dos veículos, atender clientes dando suporte e esclarecendo dúvidas, contatar o Help Desk e setor de automação, participar do processo de RH quanto a contratação de funcionários (controle de ponto,  férias, advertências, 

salários e benefícios), realizar reuniões semanais para otimizar processos e produtividade, realizar PMP e passar feedback, acompanhar através do BI e JDE os demonstrativos dos resultados das unidades, acompanhar relatório de cargas, acompanhar todo o processo de RNC, garantir que todo trabalho de expedição, carregamento, descarga, recepção, classificação, pendências, mercadoria a disposição e coleta e entrega seja realizado conforme ITO, dentre outras funções. 

INFORMAÇÕES CURRICULARES

Endereço: Rua Cidade de Assunção  nº 671 – Jd. Eulina – Campinas – SP
Contato: Fixo (019) 3397-2250 Celular: (019) 99830-0424
Recados: (019) 99719-0220 (Mariane) (19) 2511-3218 (Rose) (019) 2511-0832 (Clair)
Casado, brasileiro, nascido em Março/88 - Não Fumante, CNH “B”.
E-mail rodrigobsilva.log@gmail.com


OBJETIVO
Encarregado / Administrativo

Características pessoais

Facilidade em aprender, entender, e solucionar problemas, comprometido com meus objetivos pessoais e profissionais. Busco continuo aprendizado e possibilidade de transferi-los.

Formação Curricular

          Ensino Superior – Logística  UNOPAR (Cursando)

Cursos Complementares

          Informática: Avançada
          Hardware: Montagem e manutenção de Micros.
          Monitoramento de equipe-Colegio Politécnico Bento Quirino- 40 horas – concluído.
          Introdução ao RH – conhecimentos básicos da área (DP; R&S: Benefícios) NANYMA 2006.
          Curso de operador de empilhadeira 30 horas NR-11 - SEST SENAT.

Experiência profissional

  • Assistente De Logistica – Plimos Transportes (De Dezembro/2016 a Atual)
              Treinamento de equipe, Inserção de Notas Fiscais no Sistema, Medição direta entre clientes e empresa, Suporte               Técnico de Sistemas Operacionais (atualizações, treinamento). Experiência em setores de coleta/entrega, expedição                 e carga/descarga. Vasto conhecimento em Logística e afins.

  • Controlador de Movimentação Seara Alimentos ( De Agosto/ 2016 a dezembro/2016l).
Funções desempenhadas: Liderança em linha de produção, Conferência, vivência em câmara fria, auxílio no armazenamento da mercadoria produzida.
          Encarregado Operacional - TNT Mercúrio   -     (De Julho/2010 a Abril/2016)

Funções desempenhadas: Liderança e treinamento de equipe, Inserção de Notas Fiscais no Sistema, Medição direta entre clientes e empresa, Suporte Técnico de Sistemas Operacionais (atualizações, treinamento). Experiência em setores de coleta/entrega, expedição e carga/descarga. Vasto conhecimento em Logística e afins.
         Atendente funções            -  Mobitel S/A               (De 05/04/2010 a 01/05/2010)
Funções desempenhadas: Prestação de serviços aos clientes da operadora Vivo via telefone.
         Suporte Jr funções           - Atento Brasil              (De 28/08/2008 a 24/11/2008)
Funções desempenhadas: Suporte a Clientes do produto Speedy via telefone
          Frentista / Caixa  - Auto Posto 2002 Campinas  -            (De 02/03/2009 a 21/08/2009) Funções desempenhadas: Responsável pelo caixa do posto e apoio no abastecimento dos veículos.
         Auxiliar de Escritório     – OSP Digital                 ( De Junho/2007 a Julho/2008 )
Funções desempenhadas: Recepção, Registro de funcionários, Lançamento de notas fiscais, Serviços externos.
          Auxiliar de Escritório - Augusto Contabilidade   (De Janeiro/2006 a Maio/2007)