VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

17/10/2013

Na hora da Decisão, Pulso Forte é ferramenta do Decisor!

NA HORA DA DECISÃO, PULSO FORTE É ARMA DO DECISOR, SEJA NA POLITICA OU NAS EMPRESAS PRIVADAS.
DECISORES PEDEM SOCORRO AO RH! ELE PODE APOIAR O PROCESSO
Caros leitores e amigos ao longo de vários artigos abordei assuntos sobre DECISÃO, AÇÃO, sobre decisores e as necessidades de atitudes serem adotadas em tempo hábil antes que as situações negativas da administração não se perpetuem e deixem cicatrizes nas organizações, muitas vezes incuráveis. Nosso foco é abordar as duas esferas principais da administração geral, ou seja, a Pública e a Privada, diante dessas premissas hoje chegamos ao ponto crucial de mudanças, A DECISÃO.

Chegada a hora de uma decisão, especialmente aquele que envolve PESSOAS, quer sejam colaboradores operacionais ou gestores, o decisor principal, um Prefeito ou Executivo, terá que ter algumas características especificas e que são indispensáveis, vamos ver uma delas:

PULSO FORTE: É consenso que qualquer administrador além da necessidade de possuir competências técnicas para o cargo que ocupa deve ter características comportamentais diferenciadas, são essas particularidades que o diferenciam dos demais. Nessa categoria existem vários itens, mas um deles é essencial, esses líderes precisam de uma dose extra de PULSO FORTE e coragem. Essa necessidade está no fato de que DECISÕES requerem muitas vezes o ACREDITAR, sim, acreditar que sua decisão é a mais adequada e sensata, pela posição que os demais ocupam, estes tem dificuldades e não conseguem vislumbrar a complexidade dos problemas que se apresentam, cabe ao decisor então impor suas crenças, valores e consecutivamente TOMAR A DECISÃO, muitas vezes contra tendências ou conselhos.

Se o decisor não possuir essa característica será muito difícil administrar, especialmente quando devem ser cortadas “cabeças”, quando tem que optar por resultado prático e não por manter “amigos”, “conchavos”, parceiras apenas estratégicas politicamente mas que são insipientes em resultados.

Na esfera Politica ou em empresas Privadas, é a gestão integrada de decisores e do RH que com critério técnico, com foco em resultados, com administração baseada em Pessoas e Processos dão consistência para que o PULSO FORTE do decisor principal tome força e realmente DECIDA.

Sabemos que chegada a hora da decisão, é um SIM ou NÃO de um decisor que fará a diferença, se ele NÃO TOMA A DECISÃO, tudo ficara como antes e as decisões vão “empurrar com a barriga” os problemas.

Convém salientar que PULSO FORTE NÃO É AUTORITARISMO, a atitude de conduzir empresas ou órgãos públicos com pulso forte significa coragem em tomar decisões, mas decisões apoiadas em fatos, em necessidades técnicas para atingir resultados desejados. A frase “Manda quem pode e obedece quem tem juízo” não é a lei vigente, estamos numa democracia e as decisões apoiadas em fatos são respeitadas. Decisões apoiadas em conchavos, "acordinhos" de gaveta ou similares são rechaçadas pela sociedade, portanto senhor decisor, Cuidado! Os cidadãos e colaboradores de uma empresa não desejam autoritarismo, não querem ditadores de plantão; todos desejam serem conduzidos por decisores que acreditam e atuam com eficácia, com foco em resultados e com PULSO FORTE DE GESTOR CONSCIENTE DE SEUS DEVERES PARA COM O PÚBLICO OU EMPRESA QUE REPRESENTA.

É claro que administrar, ou seja, planejar, coordenar, dirigir e controlar faz parte do seu papel, e que diante de tantas atribuições percebemos que o DECISOR é, sem dúvida nenhuma, aquele profissional dentro da estrutura das organizações, que muitas vezes "trabalha nos bastidores" ou "em baixo da terra" ou ainda onde os nossos olhos não veem, mas nem por isto desvia o foco da sua missão pessoal no seu dia-a-dia.

É possível afirmar que o DECISOR tem dentro de si algo poderoso, que faz com que uma única pessoa consiga fazer tudo isto. Mas qual é o segredo desta pessoa, que dedica a maior parte do seu dia para a sociedade, empresa e para as pessoas da organização?

Qual é o fenômeno que o impulsiona a fazer o que faz? Acredito que o DECISOR que demonstrar o "Amor" naquilo que ele acredita, fará com que seus passos sejam seguidos, conseguirá que sua voz seja ouvida, fará com que a sua energia influencie a todos em sua volta, e naturalmente fará com que a sua liderança seja conhecida e reconhecida.

Vitor Marques

Nenhum comentário: