VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

07/01/2014

SOWÊTO DE NATAL TEMPO DE RENOVAÇÃO, TRANSFORMAÇÕES

O titulo desse artigo propositalmente remete a África do Sul, pensando em Nelson Mandela, uma pessoa que transformou um país e consequentemente o Natal de muitos e por muito tempo, espero que pela eternidade. Pessoas como ele que através de suas ações, pensamentos e frases nos fazem remeter ao espirito da renovação, da fraternidade, do respeito e da dignidade, o mesmo espirito que o Natal nos apresenta. Nesse momento milhões de mensagens percorrem o ciberespaço atingindo outros milhões de computadores e apenas uma parte dessas mensagens serão lidas, poucas serão absorvidos pelo espirito das Pessoas e somente alguns milhares serão praticadas. Quero parar e repensar o Natal.
Os heróis transformam o mundo. As pessoas mantem as transformações. Quantos de nós mantem a prática dos valores essenciais à vida tão necessária à convivência humana? Quantos de nós de repente nos vimos julgando pessoas, atirando a primeira pedra, massacrando as opiniões e Pessoas? Quantas Pessoas de repente se transformam em opressores, em divulgadores da corrupção, da injustiça! Quantas pessoas esquecem a sua humanidade em troca da sua sobrevivência humana e assim esquecem-se da sobrevivência espiritual. Os heróis transformam o mundo, mas quem são as pessoas que mantem as mudanças?

O verdadeiro Natal, não é aquele da internet e nem o do shopping. O Natal é da família, da montagem da árvore com todos juntos. O Natal da ceia e dos pequenos gestos. O Natal em que a meia noite depois de cumprimentarmos nossos parentes íamos às ruas cumprimentando todos, conhecidos e desconhecidos. É esse Natal que quero recuperar nessas linhas e transformar num desejo ardente de que você, especial como é, o pratique. Natais daqueles que vinham pelo correio em cartões de Natal e que ficavam expostos em nossa consciência. Natais das bolas de vidro com água e neve (algodão), do presépio e da novena. Natais simples, Natais das Pessoas e para as Pessoas, não o Natal elétrico que hoje é disseminado.

SOWÊTO DO NATAL

Das antigas quero o Presépio.
De Maria, José e o menino Jesus, quero a simplicidade da estrebaria.
Dos Reis Magos quero o respeito à diversidade e a riqueza compartilhada.
Dos animais e seus pastores quero o Amor sem interesse.
Da Estrela Guia, quero a Luz para iluminar nossos caminhos.
No Natal quero a PAZ, a Felicidade, a Fé de volta para e com as Pessoas – HUMANIDADE.
Mandelas, Gandhis, Madres Tereza de Calcutá quero muitos heróis e heroínas por aqui,
Afinal, no Soweto ou nos Guetos existem crianças a espera do AMOR,
Depois nos bastará manter essas mudanças, Eu e Você!
Feliz Natal, com ou sem saudades ele está de volta, rápido é verdade. Talvez o tempo aperte todos os dias no resto do ano novo para que façamos de todos os dias um Natal permanente.

(Vitor Marques)

Nenhum comentário: