VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

25/03/2014

“A PIMENTA AGUÇA NOSSO APRENDIZADO DOS SENTIDOS”


Empreender é trazer a PIMENTA continuadamente na mesa, pronta para a degustação!
Na vida aprendemos com muitas coisas, aprendemos a falar, andar e correr. Aprendemos pelos ensinamentos genéticos e pelos ensinamentos daqueles que nos amam. Aprendemos pela sabedoria da observação pelo exemplo, claro que isso ocorre desde que tenhamos aprendido a separar os bons exemplos ou pelo menos a não realizar os maus exemplos.
No decorrer de nossa caminhada vamos ficando mais sábios, maduros, ”Senhores de Si”. Chegamos à beira da autossuficiência e em muitos momentos travados pela nossa própria teoria de sabedoria autossuficiente desprezamos conselhos e exemplos que no passado teriam sido nossa Lei, nossa fonte de inspiração.
Alguns aprendem a amar, outros a odiar. Alguns aprendem a respeitar a opinião de outras pessoas, outros agem por conta própria sem levar em consideração o outro. Alguns aprendem a conviver em família, grupo ou comunidade, outros aprendem a usar os outros em seu beneficio próprio. Alguns aprendem que o futuro é o objetivo, outros aprendem que o importante é viver bem o presente, outros ainda vivem do e para o passado. Alguns olham para trás e aproveitam suas experiências para não cometer os mesmos erros, outros continuam errando mesmo tendo errado várias vezes no mesmo cenário. Alguns aprendem a aprender, outros insistem em desaprender o que foi aprendido.

A sabedoria em aprender reside quando tomamos consciência de que morreremos ignorantes de tudo aquilo que não sabemos, reside na sabedoria que o simples fato de saber é um degrau para novos aprendizados. A sabedoria reflete o acumulo do saber, o saber é algo que se conquista através da partilha do conhecimento. Todos nós no decorrer da vida acumulamos conhecimentos que nos foram transmitidos, mas que ao mesmo tempo conquistamos por pernas próprias. Se tivermos o conhecimento não significa que somos sábios, só o seremos se compartilharmos este saber com os outros, no presente e acima dele, nosso conhecimento será outro, pois cada um de nós agrega novos conhecimentos aqueles que foram gerados pelos outros e por nós mesmos.

Muitas vezes só nos damos conta da falta de algo quando dele ficamos necessitados. Se estivermos com frio necessitamos de uma blusa, se estivermos com calor necessitamos algo que nos refresque e assim por diante.

Não há saber sem Sabedoria, pois a Sabedoria é a arte de transmitir o saber, se apenas acumulamos o saber e não o compartilhamos não atingimos a êxtase da Sabedoria. Se não compartilharmos o saber seremos condenados a ineficácia do aprendizado obtido que se extinguirá no ostracismo de um museu, sem serventia além da contemplação.

Nos dicionários encontramos como definição de Sabedoria que ela é o conhecimento da Verdade, encontramos ainda que Sabedoria está relacionada com o caráter de Deus, seja qual for o nome que você dê a ele, portando o divino é acumulador da Sabedoria, isso explica que atingir a Sabedoria Total é divino e com certeza ficaremos longe, muito longe disso mesmo após uma vida inteira vivida.
Afinal, o que tem a ver a Pimenta com tudo isso? Aprendi que os Seres Humanos serão mais sábios quando experimentam a Pimenta na vida, o ardor do desconforto que ela provoca no paladar culminando com a busca pela água para aliviar esse momento desconfortável, sendo assim, na vida em todos os momentos que a necessidade, que os percalços nos impõe restrições, assim como a Pimenta, nossa atitude é buscar o Saber, sim a Sabedoria para aliviar esses momentos e buscar o prazer, a tranquilidade, a solução de nossos problemas, assim como a água que alivia o ardor da Pimenta. Uma definição universal é descrita como: A Sabedoria é obtida pela necessidade humana em ultrapassar barreiras, sobreviver.

Se nós não temos o suficiente em água continuaremos a buscar mais e mais até que aliviemos de vez a sensação de ardência, assim é a busca pela Sabedoria, um ato constante e que ocorre a cada segundo de nossa vida, pois buscamos incessantemente a satisfação, a Felicidade que o saber nos proporciona, a janela da alma aberta ao mundo como passagem da troca continua que devemos realizar com o Universo, a busca pela Sabedoria.

Finalmente, nunca conheci um EMPREENDEDOR que não tivesse continuamente uma PIMENTA em sua degustação diária. É a PIMENTA, ou melhor, os DESAFIOS DE CADA DIA que impulsionam a energia da ATITUDE EMPREENDEDORA. Se você vive num mar de rosas não terá a PIMENTA para conquistar a Sabedoria de Empreender então ao invés de reclamar das PIMENTAS DE SUA VIDA, agradeça porque serão elas que o levarão ao Sucesso, a Sabedoria.

Você é um Sábio? Talvez não saiba disso, mas entenda que só o será (sábio) se compartilhar cada pedacinho do sua Sabedoria com sua comunidade, com seus amigos, com sua cidade!

Vitor Marques
Executivo de RH, Assessor de Empresas e Pessoas, Palestrante e Coache.
Mar/2014

Nenhum comentário: