VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

20/02/2017

RETROVISOR É PASSADO... POESIA É MAGISTRADO DO TEMPO...

Paro, percebo a luz da reflexão,
A visão concentra-se do lado esquerdo,
O vidro da fronteira transpassado com a visão.
Poder absoluto.
Freio a visão na barreira do espelho,
Retrovendo imagens.
Paro, admiro, reflito.
As cenas passadas se sobrepõem.
O passado fica para trás,
Dissolve-se na continua sobreposição
De cenas,
Das cores,
Do vento e pó.
Poetas viajam pela brisa
Pessoas acenam , andam, sentam.
Não, não posso parar...
Desviar do caminho distorce o presente
Compromete o futuro
Mas o passado está ali,
Presente passando,
Passando passado passou, ficou...
Na realeza do tempo vivido ficou
Na maestria do poder no tempo presente
O tempo impõe atrás, aqui, à frente.
Caminha sempre.
Eu no volante,
Oh! Falso controle!
Tempo imponente, porém Belo.
Tempo forte, impiedoso,
Penso!
Só me resta este segundo,
Este breve momento consciente.
Por ele peço, suplico:
Retrovisor, mostre-me o Futuro,
Sempre Presente,
Simplesmente VIVO.

                                                        (Vitor Marques)

Nenhum comentário: