VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

02/04/2012

É preciso saber fazer as perguntas do que ter todas as respostas!

É reconhecido por toda sociedade que as melhores pessoas, aquelas que fazem a diferença na vida pessoal e profissional NÃO são aquelas que têm todas as respostas, mas sim são aquelas que sabem fazer todas as perguntas. O coach é um profissional da Pergunta, das Boas Perguntas. As melhores perguntas são aquelas que de alguma forma já trazem na sua formulação a sistemática das respostas, que insuflam quem as responde a tomar atitudes em pról de ação direta na execução das respostas.

Abaixo segue alguns exemplos de Boas Perguntas e quem sabe você se sinta inspirado a respondê-las em seus comentários. Vamos, exercite seu cérebro a ir em frente.

 O que há de importante naquilo que o faz esquecer-se do tempo?
 Se um “dom”, uma “habilidade” fosse sua marca, qual seria?
 O que você faz para impressionar uma pessoa?
 Que parcela de seu tempo você dedica a seus desejos ao invés de suas necessidades?
 O que você tem ignorado ultimamente?
 Qual seu estilo: Ensinar ou Ajudar alguém a aprender?
 Onde você registra suas vitórias?

Meus amigos, a atividade de coaching tem me revelado um submundo de pensamentos que se gerados / transformados em atitudes podem retirar a maioria das pessoas do ostracismo em que vivem. Na maioria das vezes sabemos as respostas para resolver a maior parte de nossos medos, de nossas dúvidas. Na maior parte do tempo ficamos estagnados a espera de um “milagre”, não saímos de nossa zona de conforto e portanto apenas esperamos, como na história do bêbado que na esquina de uma rua, estava cambaleante, porém estacionado com o braço esticado e uma chave nas pontas dos dedos. Quando alguém achando estranho isso parou e perguntou ao bêbado porque ele estava alí parado, o bêbado responde: “Se o mundo é redondo (igh...igh...) eu estou esperando minha casa passar por aqui...(igh...igh...)”

É assim, muitos de nós ficamos embriagados com tantas coisas que a vida nos oferece, que nos entorpece de tantos caminhos a seguir e acabamos ficando parados, com a chave (ferramentas) na mão, esperando um milagre ou que de alguma forma a embriaguez passe. Você está assim?

Nenhum comentário: