VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

20/04/2012

ESTÃO EXPORTANDO CÉREBROS!

Publicado em 19/04/2012 pelo site Revista Liderança Como aproveitar os universitários que estão no Brasil, antes que os melhores vão para Harvard! Recentemente, a presidente Dilma Rousseff esteve nos Estados Unidos negociando bolsas de estudos para jovens estudantes brasileiros nas melhores universidades norte-americanas. Pode-se dizer que vamos exportar “cérebros” e muitos deles não voltarão ao Brasil. Os que optarem por voltar serão a mão de obra qualificada que está em escassez (e podem se tornar cada vez mais raros, já pensou nisso?). Os jovens que conseguirem uma vaga em Harvard ou em Boston podem e devem aproveitar a grande chance, pois ainda não foram aproveitados (nem serão) de maneira sábia nas atuais condições do ensino público no Brasil. Sabe-se que existe uma série de problemas, mas para sanar um deles a iniciativa privada vem apostando nas mentes criativas e inovadoras de universitários. Um dos projetos é a Batalha de Conceitos, que em pouco mais de dois anos já recruta jovens de todo o País para resolverem desafios propostos por empresas. Todos saem ganhando: os jovens, reconhecimento e dinheiro; as empresas, soluções para seus principais problemas. Como funciona? O programa começa quando a empresa participante lança no site www.battleofconcepts.com.br um desafio pelo qual esteja passando, fornecendo todas as orientações, as regras e os procedimentos para que os jovens possam apresentar alguma solução a eles. Empresas como Natura, Itaú, AES Brasil, Danone e Bradesco já lançaram batalhas. Algumas delas lançam desafios periodicamente, como a rede de postos Ipiranga e a Alphaville. Os participantes podem ser estudantes universitários ou diplomados, com até 30 anos de idade. Uma vez no ar, a batalha é divulgada para toda a rede de universitários e recém-formados, além de possuir um contato direto, convidando as melhores universidades escolhidas pela empresa. Os jovens, por sua vez, devem ler o edital da batalha – o qual contém detalhes sobre o tema e as regras de participação –, pensar “fora da caixa” e enviar uma solução inovadora para o desafio. Todas as ideias recebidas são redirecionadas para a empresa, que as avalia e seleciona as melhores. Os 10 primeiros colocados dividem um prêmio de R$15 mil. Além da premiação em dinheiro, há um ranking geral de participação no site e, também, a possibilidade de enviar currículo para as empresas que lançam as batalhas. As organizações podem convidar os primeiros colocados para uma reunião, com o intuito de esclarecer a ideia proposta, conhecer a equipe idealizadora do desafio e até mesmo para oferecer uma oportunidade de trabalho. Aquela grande ideia pode custar menos do que você imagina, pode vir da cabeça de um jovem. Isso é o que muitos países já perceberam e estão até importando os nossos “soldados” para as batalhas de suas empresas. Um grande abraço e até a semana que vem. Júlio Clebsch Editor da revista Liderança Colaboração: Evelise Toporoski P.S.: Esta é uma versão reduzida e editada de matéria Aposte na Batalha de Conceitos publicada na revista Liderança do mês de abril deste ano e de autoria de Evelise Toporoski.

Nenhum comentário: