VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

13/10/2014

TRANSFORMANDO INTENÇÃO EM ATITUDES!


Como encontrar emprego em cidades pequenas?

Este tema é recorrente em diversos meios de comunicação, desde a TV, Rádio, Jornais, Internet especialmente no Facebook nas comunidades de nossa cidade e de outras tantas que possuem o mesmo perfil, É comum quando se sabe de alguma oportunidade profissional que ela seja divulgada rapidamente, além disso em todos os lugares de nossa cidade, especialmente no comércio e nas rodas de bate papo invariavelmente abordam o tema (Falta de Emprego na cidade” e quando uma oportunidade surge, bem aí ocorre “uma corrida” em busca de se empregar. Não é fácil encontrar emprego em cidades pequenas, por isso algumas vezes vale mais a pena empreender do que se empregar.

Pensando nesse tema resolvi nessa semana pesquisar o assunto de forma mais efetiva e trazer aos amigos leitores algumas dicas para essa árdua tarefa, vamos a elas:

01) Procurando um emprego <> O contato pessoal é o maior "Setor de RH" de uma cidade como Santa Rita. Não tenha vergonha de dizer a seus amigos, colegas e parentes que você está à procura de um novo emprego. Você nunca sabe quem pode ter o contato certo para uma nova vaga ou ainda o rapaz que pediu demissão e mudou de cidade, deixando uma vaga em aberto, tudo pode ocorrer muito rápido e você tem que estar frequentemente sendo lembrado, portanto faça diariamente pelo menos de 2 a 3 contatos com pessoas que poderão ajudar sua colocação profissional.

02) Internet - Mídias Sociais: Não é só cidade grande que tem grande atividade na Internet e especificamente com divulgação de vagas, nela também você consegue os contatos “certos”! Muitas vezes, você consegue contatos diretamente das empresas. Experimente o LinkedIN, FGacebook, Twiter, que são mídias que apresentam esses caminhos, cada uma de um jeito e formato mas todas contem profissionais e empresários para você selecionar e contatar. Outras mídias interessantes são as comunidades da Revista Exame PME e Revista PEGN, que focam tanto em empresários como funcionários, fornecendo atualização e conteúdo que o auxilia nessa tarefa.
03) Classificados: Acostume-se a LER os classificados onde quer que eles estejam (Jornais, sites da internet especializados em oferta de empregos). Muitas pessoas têm o péssimo hábito de buscar apenas o cargo exato que procura (vendedor, por exemplo), acontece que muitas empresas anunciam mais de um cargo, ou ainda diferentes nomes para mesmo cargo (gerente de contas = vendedor). Muitas vezes também, acredita-se que a qualificação exigida é imprescindível, quando na verdade a maioria das empresas menciona "inglês é um diferencial (por exemplo)", então envie seu Currículo para todos os anúncios que vocês suspeitar que tem a mínima chance. Aproveite e mande também para as empresas que tenham o seu perfil, mesmo se os cargos anunciados não sejam pra você, pois muitas vezes elas podem guardar seu currículo para quando estiverem contratando.

04) Empreendimento. Abra seu próprio negócio: Essa pode ser uma alternativa que lhe trará a independência de buscar e invertendo a mão de direção ofertar oportunidades a outras pessoas. Sua atitude e ideia podem transformar todo um universo à sua volta. Comece com o que você sabe, mas comece pequeno. Se você sabe cozinhar, não abra um restaurante com 20 funcionários. Analise o valor que você tem poupado e invista no máximo 50%. Entenda que você terá que se sustentar durante pelo menos 6 meses antes do empreendimento começar a gerar lucro, já que você terá que cuidar de despesas fixas e variáveis, despesas com pessoal, fluxo de caixa etc. Acesse o site do SEBRAE e veja seu negócio lá, aprenda, faça cursos de preparação, estude seu negócio do ponto de vista de um empresário e do ponto de vista de um Cliente.

Caro leitor, não há um segredo que resolva a situação de todos, há sim a persistência, a atitude, a perseverança, a objetividade, o comportamento adequado de cada um que geram um universo que conspira para o SUCESSO. Ficar apenas reclamando pela falta de emprego, pela falta de oportunidade - NÃO RESOLVE, é preciso agir, se atualizar, se informar, buscar alternativas pessoais para ser você ser “um produto” vendável, que provoque nos seus Clientes (empresários” o desejo de contratá-lo – Reclamar, blasfemar são atitudes que invertem esse desejo pois algum dia isso virá a realidade em forma de desconforto.

Você que está ai, esperando uma oportunidade, acorde, mude sua atitude e busque alternativas, o SUCESSO só ocorre quando OPORTUNIDADE encontra PREPARO. Ah! Muitos buscam emprego e não trabalho, sei que você não é um deles por isso INSPIRE-SE E TRANSPIRE ATITUDE POSITIVA.
Até a próxima semana!

Nenhum comentário: