VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

02/03/2015

NÃO VIVEMOS DE SONHOS


A CIDADE NECESSITA DE PREPARAR SUA POPULAÇÃO

É fato de que as redes sociais tem proporcionado uma fonte significativa informações de ordem geral. Normalmente são colocados assuntos que afligem a população e que estão presos na consciência coletiva. Aspectos ligados normalmente a problemas estruturais no ambiente da cidade, país e planeta. Cada vez mais o que se debate está ligado a vida cotidiana do cidadão. Esse mecanismo de exposição gera além do relato de desabafo uma quantidade imensa de informações sobre a fonte dos problemas e inclusive de sugestões para solução.

É fato também que os envolvidos como agentes de solução ainda não se aperceberam disso ou não querem dar ouvidos ao que é exposto, ou melhor, dar voz e ação a esse mecanismo, se abstêm de tomar atitudes e “deixam o barco ir de acordo com a maré”, vejamos um dos pontos que as mídias sócias expõe e que são direcionadas a Santa Rita do Passa Quatro e que vem sendo exposta sistematicamente com pouco ou quase nada realizado a respeito.
O tema é: Atendimento e Qualidade de serviços relacionados a Pessoas e Empresas em nossa cidade:

(Relatos): “Em Santa Rita o atendimento (pessoas) do comércio, indústrias, tudo - tudo é muito ruim”; “Aqui só se quer emprego, trabalhar jamais”; “Fui atendido muito mal”; “O pessoal precisa de treinamento aqui, vou a outras cidades porque isso é melhor lá”; “Falta emprego mas também falta oportunidade de treinamento para melhorar a prestação de serviços e a qualidade do que se oferece aqui na cidade”; “Não são só empregados que atendem mal, os donos de estabelecimentos também, inclusive fecham suas portas na cara dos clientes e acham que estão fazendo favor a nós”; “Os donos dos estabelecimentos muitas vezes são os exemplos de como não atender seus clientes”..

Percebemos nessas colocações o apelo coletivo para melhoria do atendimento das Pessoas, Empresários e Empresas. É notório perceber que a busca pelo consumo fora da cidade tem como uma das fontes fundamentais a DESQUALIFICAÇÃO QUASE QUE GERAL NO ATENDIMENTO, isso é preocupante, mas ao mesmo tempo dá oportunidade ímpar de atuar na melhoria desse desvio o que provocará evolução econômica e qualitativa na nossa cidade.

Precisamos qualificar as Pessoas. Devemos entender que a obrigação de desenvolvimento da carreira é cada um, mas com o apoio social, é necessária ação conjunta de capacitação a nossa população ativa ou em formação. Aqueles que efetivamente estão na linha de frente da gestão e da economia municipal aliados a todas entidades administrativas da cidade (isso ocorre também nos órgãos públicos que realizam o atendimento à população em geral (prefeitura, hospital, autarquias, repartições, fiscalizações, etc.). É bem comodo culpar e não agir, é fácil só criticar e não ajudar, é extremamente fácil administrar usando a técnica “Pôncio Pilatos – Lavando as mãos”, o difícil e necessário é promover ações de SOLUÇÃO.
Precisamos prepara a população, cada um deve se unir e provocar isso, não só em mídias mas em atitudes. Treinamentos de atendimento à Pessoas, Empresas sendo fonte de produtos e Serviços positivos, poder público sendo referência. Recentemente ministrei em parceria com o SENAC e SERT (Secretaria das Relações do Trabalho de SP) um treinamento de capacitação para 70 Pessoas, foi gratificante constatar que é possível transformar uma pedra bruta em diamante, que sá isso possa ser feito por aqui, quem sabe possamos nos juntar como cidadãos e dar o primeiro passo, assim forçamos as autoridades e entidades civis e governamentais a AGIR. PENSE NISSO. VENHA PARTICIPAR E CONTRIBUIR NESSA IDÉIA, não há como viver eternamente nos sonhos que somos cidade turística, que devemos ter um comércio atuante e dinâmico, que devemos dar opções de lazer as crianças, jovens e adultos, chegou a hora de parar de sonhar, BASTA!

Nenhum comentário: